Arquivo do mês: agosto 2012

Texto e performance

Numa apresentação, como no Sarau Vira Lata, as pessoas se propõem a apresentar um texto para quem está ali, exclusivamente para assistir, absorver e reagir. Engraçado como existe uma grande relação entre o texto em si, o que está sendo dito, e a performance, que faz parte do texto (ou é o texto que faz parte da performance?). Afinal de contas, o que é o elemento principal da apresentação? O que realiza de fato a poesia?

Image

Ao olharmos para uma música, ou uma apresentação musical, por exemplo, muitas vezes não é a letra da tal canção que nos emociona ou toma a nossa atenção, mas toda a performance em torno do que está sendo dito. Podemos dizer que no rock and roll a performance é protagonista?

E no rap? Como se constrói uma boa música? No freestyle, por exemplo, tenho pra mim que a performance é primordial para que a letra tenha efeito. Existe uma construção conjunta onde não se pode descolar um do outro.  É claro que a letra tem grande importância, mas ela vai sendo construída ao longo da performance. Se o cara é empolgante, o público vai na onda e as rimas vão tomando uma direção talvez muito diferente da que tomaria se o público estivesse morto (consequência do cara não ter uma performance muito empolgante, e por aí vai…).

Bom, era só uma pequena discussão que gostaria de colocar aqui pra galera!

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized